FIQUE SABENDO…

  • Você sabe o que são doenças pneumocócicas?

São infecções causadas pela bactéria Streptococcus pneumoniae, também conhecida por pneumococo e incluem: meningite, pneumonia, bacteremia (infecção na corrente sanguínea), sinusite e otite média (infecção do ouvido).

 

Meningite pneumocócica

É uma infecção das membranas que recobrem o cérebro e a medula espinhal causada pelo Streptococcus pneumoniae

 

Pneumonia pneumocócica

É uma infecção dos pulmões, causada pelo Streptococcus          pneumoniae, que é a causa mais comum de pneumonia bacteriana adquirida na comunidade.

 

Bacteremia pneumocócica

É uma infecção que atinge a corrente sanguínea, podendo disseminar a bactéria para outros órgãos.

 

Otite média e sinusite pneumocócica

É uma infecção do ouvido médio e dos seios paranasais,  muito comum em crianças.

 

  • Você sabia que a prevalência e a gravidade das doenças pneumocócicas é mais evidente em crianças menores de 2 anos?

 Qualquer pessoa pode contrair as doenças pneumocócicas em qualquer idade, porém, é importante lembrar que as crianças com menos de 2 anos têm uma probabilidade muito maior de contrair essas doenças.

O risco pode se agravar em crianças portadoras de determinadas doenças (por exemplo, infecções pelo HIV (Vírus da Imunodeficiência Humana), anemia falciforme e condições crônicas do coração ou dos pulmões). O Streptococcus pneumoniae é a causa mais comum de meningite, pneumonia bacteriana e otite média em crianças abaixo de 2 anos. No Brasil, a meningite pneumocócica ocorre numa freqüência 15 vezes maior em crianças abaixo de 5 anos de idade.

Pessoas acima de 65 anos e portadores de doenças crônicas como diabetes, doenças cardíacas, pulmonares ou renais, alcoolismo e certos tipos de câncer também tem maior predisposição para contrair a Doença Pneumocócica.

 

  • Quais os principais sinais e sintomas das doenças pneumocócicas?

 

Meningite pneumocócica – Febre alta, dor de cabeça e rigidez da nuca são os principais sintomas em adultos e crianças acima de 2 anos. Em recém-nascidos e crianças até 2 anos, estes sintomas clássicos podem estar ausentes.

 

Pneumonia pneumocócica – Início repentino, tosse, febre, calafrios, falta de ar ou respiração rápida.

 

Bacteremia pneumocócica –  Os sintomas costumam ser inespecíficos em lactentes e crianças mais novas. Nestes casos, muitas vezes a febre e a irritabilidade podem ser os únicos sintomas apresentados.

 

Otite média e sinusite pneumocócica – Dor no ouvido, agitação, febre e irritabilidade são os sintomas mais comuns em crianças. Frequentemente, a membrana timpânica mostra-se inflamada.

 

  • Como ocorre a transmissão das doenças pneumocócicas?

 O pneumococo  é  altamente contagioso, pois se espalha facilmente pelo ar, em especial, de uma criança para outra. A transmissão ocorre de pessoa para pessoa pelo contato direto com quem tem a bactéria na garganta ou está doente (saliva, espirro, tosse ou beijo). Curiosamente, os portadores podem não manifestar nenhum sinal da doença, embora a bactéria esteja presente na rinofaringe (garganta). A melhor  forma de prevenção das doenças pneumocócicas  é com a vacinação o mais precocemente possível.

 

  • Existe tratamento para as doenças pneumocócicas?

O tratamento de qualquer dessas doenças produzidas pelo pneumococo é com antibióticos, porém esses medicamentos apresentam uma série de limitações, por exemplo:

  • Cada vez mais é relatada a resistência das bactérias aos antibióticos;
  • Mesmo o tratamento adequado com antibióticos não consegue reduzir a letalidade da pneumonia pneumocócica.
  • No Brasil, 50% das causas de internação em maiores de 50 anos é por Pneumonia
  • 1,6 milhão de pessoas no mundo morre por Pneumonia

 

A melhor forma de prevenção é com a vacinação.


REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

  • BULAS DAS VACINAS ANTI-PENUMOCÓCICAS 13 VALENTE E 23 VALENTE (LABORATÓRIO WYETH E MSD);
  • MANUAL DE IMUNIZAÇÕES, (CENTRO DE IMUNIZAÇÕES HOSPITAL ISRAELITA ALBERT EINSTEN) 4º EDIÇÃO;
  • GUIA PRÁTICO DE VACINAS E VACINAÇÃO DA SANOFI PASTEUR, EDIÇÃO ESPECIAL 2009;
  • SITE: http://www.vacinas.org.br/Merck03.htm
  • SITE: http://portal.saude.gov.br
  • FOLDERS INFORMATIVOS DAS VACINAS ANTI-PENUMOCÓCICAS 13 VALENTE E 23 VALENTE (LABORATÓRIO WYETH E MSD);
  • MONOGRAFIA DA ANTI-PENUMOCÓCICA 13 VALENTE E 23 VALENTE.
  • OBS: IMAGENS RETIRADAS DO GOOGLE – IMAGENS NA WEB.

AUTORIA:

 

REVISÃO BIBLIOGRÁFICA REALIZADA POR:  ENFERMEIRA ROSEVANE RODRIGUES DE LUCENA COREN – DF 176706

 Revisão: Dra. Marta de Fátima Rodrigues da Cunha Guidacci- CRM: 7.600-DF