Nossa ClinicaMundo das VacinasMundo das AlergiasMundo da AsmaCorpo ClinicoContato
 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 
   


VACINAÇÃO CONTRA CÓLERA E DIARRÉIA DO VIAJANTE CAUSADA POR ETEC

(Escherichia coli) ENTEROTOXIGÊNICA:

 

FIQUE SABENDO...

Você alguma vez perdeu tempo por causa da diarréia  dos viajantes?

Os problemas são:
•    Férias perdidas;
•    Tempo precioso gasto longe da família e dos amigos;
•    Importantes reuniões de negócios canceladas;

 

 

 

Cerca de 50% das pessoas apresentam um ou mais episódios de diarréia dos viajantes durante uma viagem de duas semanas...

 

 FIQUE ALERTA:

 

 

A diarréia dos viajantes pode ser um problema para aqueles que viajam:

 

 

•  Tem início súbito;
• Complica em lugares pouco familiares;
• Dura três a quatro dias;
• 20 % das pessoas necessitarão alguns dias de repouso;
• Pode levar a desidratação grave.

 

 

 Sintomas comuns:

 

•    Dor abdominal;
•    Náuseas e vômitos;
•    Flatulência, mal estar;
•    Aumento dos movimentos peristálticos.

 

Você sabia que a causa mais comum de diarréia dos viajantes se deve a água e alimentos contaminados pela bactéria E. coli  enterotoxigênica, também conhecida com ETEC?

 

 

Quais são os grupos que estão mais suscetíveis à doença?

 

 

•    Viajantes para área de risco. (veja mapa abaixo);
•    Viajantes para áreas remotas;
•    Viajantes de aventura – pela alimentação em lugares desconhecidos ou inóspitos;
•    Viajantes com as seguintes condições pré-existentes:
   - Baixa produção de suco gástrico;
   - Cirurgia gástrica (inclui cirurgia de redução de estômago);
•    Imunodeficiência;
   - Diabetes mellitus, doenças cardíacas, doenças auto-imunes, insuficiência renal, idosos e crianças pequenas e
•    Crianças com relativa ausência de imunidade intestinal.

 

 

Você sabe quais são as áreas de risco?

 

 

 

 

 

Saiba que é possível contrair diarréia causada por ETEC mesmo em viagens para áreas consideradas de baixo risco, em cruzeiros e/ ou hotéis luxuosos?



 

 Você sabia que existe outra causadora de diarréia? É a Cólera, mas o que é Cólera?

A cólera é uma doença causada pela ingestão de água ou alimento contaminado pela bactéria Vibrio Cholerae. A maioria dos episódios da cólera é leve. Algumas pessoas podem ser assintomáticas, no entanto, outras, podem apresentar diarréia grave e vômitos.
A perda de grande quantidade de líquido pode levar à desidratação grave se o paciente não for rapidamente tratado.

 

Existem precauções para se proteger contra cólera e diarréia dos viajantes?

 

Sim. Consumir água e alimentos de fontes seguras e lavar frequentemente as mãos são boas formas para se proteger.
As medidas profiláticas devem ser seguidas rigorosamente para evitar o contágio. Além delas, há uma vacina para prevenir a diarréia do viajante, que iremos explicar mais detalhadamente adiante.

Medidas preventivas para evitar a cólera e diarréia dos viajantes

PERMITIDO

 

Beber

Comer

*refrigerantes

*água engarrafada
*sucos engarrafados
*bebidas quentes

*leite pasteurizado adequadamente   refrigerado

*frutas e verduras descascadas
e/ou levemente cozidas


*alimentos bem cozidos e servidos quentes

 

Medida Essencial
Lave freqüentemente as mãos

Faça a vacinação antes de viajar

 

 

Medidas preventivas para evitar a cólera e diarréia dos viajantes

                 PROIBIDO

 

Beber

Comer

*água de torneira ou gelo

 

 

* frutas que não possam ser descascadas
-*verduras ou saladas cruas
*carne, peixe, marisco cru ou mal cozido
*derivados lácteos não pasteuri­zados ou não refrigerados
*alimentos vendidos por am­bulantes (atenção maior para sorvetes, molhos e maionese).

Evite
- Assumir que a água é própria para consumo apenas por ser clorada
- Consumir bebidas em latas/garrafas sem antes lavá-las apropriadamente

 

 

 

 SAIBA MAIS SOBRE A VACINA CONTRA CÓLERA E DIARRÉIA DO VIAJANTE

 

 

 

 

Para quem a vacina Cólera e ETEC está indicada?

 

É utilizada para prevenir infecções causadas pelo Vibrio cholerae e pela Escherichia Coli enterotoxigênica, causadores da Cólera e a diarréia do viajante, respectivamente. A vacina age estimulando o organismo a produzir sua própria proteção (anticorpos) contra estas doenças.
 

 Existe alguma interação medicamentosa com a vacina?

O tratamento com imunossupressores, radioterapia e antimetabólitos pode reduzir ou anular a resposta imune. Não existem dados a respeito de usar esta vacina concomitantemente com outras.


 

 

Quantas doses da vacina são necessárias para que ocorra a proteção contra a doença?

Crianças entre 2-6 anos 11 meses e 29 dias:
3 doses  - Com intervalo mínimo entre as doses de 1 semana.
REFORÇO: é feito 6 meses após a última dose.
Crianças acima de 6 anos de idade e adultos: 2 doses – Com intervalo mínimo de 1 semana.
REFORÇO: 2 anos após a 2º dose.
O intervalo entre as doses deve ser de 1 a 6 semanas.
Uso exclusivamente oral.

 

Qual é o intervalo mínimo entre as doses da vacina?

 

O intervalo mínimo é de 1 semana entre as doses.
Máximo de 5 semanas e 6 dias.

 

Posso ter algum efeito colateral com a vacina?

 

 

Mais comuns:
Febre, cansaço, dor de cabeça, dores musculares e nas articulações, distúrbios gastrointestinais.
Raros:
Dificuldade de respirar, prurido (coceira), hipotensão, reação anafilática, choque.

 

 

Quem não pode receber esta vacina?

* Pacientes alérgicos a qualquer componente da vacina;
* Crianças com menores de 2 anos;
* Mulheres grávidas;
* Pacientes imunodeprimid os;
* Pacientes com febre ou infecção aguda.

 

A vacina contra Cólera e ETEC é realmente eficaz, previne realmente a doença?

Proteção e eficácia contra Cólera:

  • Acima de 85% de eficácia durante os primeiros 6 meses, tanto em crianças quanto em adultos;
  • Aproximadamente 62% por 2 anos em pessoas acima de 6 anos de idade.


Proteção  contra ETEC:

  • Proteção acima de 67% para os primeiros 3 meses após a vacinação.

 

Lembre-se:

A melhor prevenção é com a vacinação.

 

 

 

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:

 

 

 

 

  • BULA DA VACINA CONTRA CÓLERA E DIARRÉIA DO VIAJANTE CAUSADA POR ETEC (Escherichia Coli) ENTEROTOXIGÊNICA (LABORATÓRIO SANOFI);
  • MANUAL DE IMUNIZAÇÕES, (CENTRO DE IMUNIZAÇÕES HOSPITAL ISRAELITA ALBERT EINSTEN) 4º EDIÇÃO;
  • GUIA PRÁTICO DE VACINAS E VACINAÇÃO DA SANOFI PASTEUR, EDIÇÃO ESPECIAL 2009;
  • http://www.cives.ufrj.br
  • MONOGRAFIA DA VACINA CONTRA CÓLERA E DIARRÉIA DO VIAJANTE CAUSADA POR ETEC (Escherichia Coli) ENTEROTOXIGÊNICA (LABORATÓRIO SANOFI);
  • SITE: http://portal.saude.gov.br
  • FOLDERS INFORMATIVOS DA VACINA CONTRA CÓLERA E DIARRÉIA DO VIAJANTE CAUSADA POR ETEC (Escherichia Coli) ENTEROTOXIGÊNICA.
  • OBS: IMAGENS RETIRADAS DO GOOGLE – IMAGENS NA WEB.

 

 

AUTORIA:

 

 

REVISÃO BIBLIOGRÁFICA REALIZADA POR:
ENFERMEIRA ROSEVANE RODRIGUES DE LUCENA COREN – DF 176706

 

Revisado por Dra. Marta de Fátima Rodrigues da Cunha Guidacci

CRM: 7600-DF

 

Conheça outras vacinas
Para adolescentes
Adultos e Idosos
Cólera e etec
Cólera e etec
Vacinas para Crianças
DTPa
Febre Amarela
Febre tifóide
Gestantes
Gripe
Hepatite A
Hepatite B
Meningocócicas
MMR
Mulheres
Ocupacional
Papilomavírus Humano
Pneumocócicas
Para prematuros
Rotavírus
Varicela
Vacina do viajante
 
  Alergo Vaccine - Sua família bem protegida
Centro Clínico Pacini - 715/915 Sul, Bloco D, Salas 504/508/509/514/515/517/518
Brasília -DF - 61 3345-8001 (ramal 20 - marcação de consultas, ramal 21 - vacinas, ramal 33 - administração)