Nossa ClinicaMundo das VacinasMundo das AlergiasMundo da AsmaCorpo ClinicoContato
 

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player

 
   


HEPATITE B

O que é a doença Hepatite B?

É uma inflamação do fígado causada pelo vírus da Hepatite B (HBV).


ALERTA: Uma a cada 12 pessoas no mundo pode ter hepatite B ou C, sem saber.

Você sabia que 31% das pessoas não sabem que estão infectadas e como foram infectadas com o vírus da hepatite B?

 

 





Você sabe quais são as áreas e países de maior risco de contaminação? Veja a figura ilustrativa abaixo...






ALERTA: Fazendo uma comparação de risco de infecção com HBV (VÍRUS DA HEPATITE B) e HIV (VÍRUS D IMUNODEFICIÊNCIA HUMANA):

 

  • VIA DE TRANSMISSÃO SIMILAR;
  • A HEPATITE B É 100 VEZES MAIS INFECCIOSA QUE O HIV.

 

 

CONHECENDO MELHOR A DOENÇA:


O que é a doença Hepatite B?

É uma inflamação no fígado causada pelo vírus da Hepatite B (HBV).

 

Como se dá a transmissão da doença?

Transfusão de sangue era a principal via de transmissão da doença, circunstância que se tornou rara com a obrigatória testagem laboratorial dos doadores e rigoroso controle dos bancos de sangue. Atualmente, o uso compartilhado de seringas, agulhas e outros instrumentos entre usuários de drogas, assim como relações sexuais sem preservativo (camisinha) são as formas mais frequentes de contaminação na população. O contato acidental de sangue ou secreções corporais contaminadas pelo vírus, com mucosa ou pele com lesões também transmitem a doença. Gestantes (grávidas) portadoras do vírus podem transmitir a doença para os bebês, sendo o momento do nascimento, seja por parto normal ou por cesariana o principal momento de risco para a transmissão.



 

 


Qual o período de incubação da doença?

 

O período de incubação da doença varia de 4-12 semanas, enquanto que o periodo da infecção varia de 2-12meses.


 


Quais os sintomas da doença?

Assim como em outras hepatites, muitas pessoas não apresentam sintomas e descobrem que são portadoras do vírus, em atividade ou não, em exames de rotina. Quando presentes os sintomas ocorrem em fases agudas da doença e são semelhantes aos das hepatites em geral, se iniciando com:

 

  • Mal-estar generalizado;
  • Dores de cabeça e no corpo;
  • Cansaço fácil;
  • Falta de apetite e náusea;
  • Febre.

Após, surgem tipicamente:

  • Coloração amarelada das mucosas e da pele (ícterícia);
  • Coceira no corpo;
  • Urina escura (cor de chá escuro ou coca-cola);
  • Fezes claras (cor de massa de vidraceiro).

Quais as complicações da doença?

A hepatite B pode evoluir para um estado crônico da doença, com os sintomas pouco específicos. As demais complicações decorrentes da fase crônica são devidas às lesões prolongadas do fígado. Elas incluem cirrose hepática e suas complicações (como ascite, hemorragias digestivas, peritonite bacteriana espontânea, encefalopatia hepática) e desenvolvimento de Carcinoma Hepatocelular.



SAIBA MAIS SOBRE A VACINA CONTRA HEPATITE B


Para quem a vacina contra Hepatite B está indicada?

É recomendada a vacinação universal para todas as crianças, adolescentes e adultos não imunizados contra hepatite B.


Existe alguma interação medicamentosa com a vacina?

Pode ser administrada concomitantemente com todas as vacinas do calendário atual, desde que aplicadas em locais separados. A vacina pode ser administrada concomitantemente com as vacinas DTP, DP e//ou OPV, se isso for necessário. Pode ser também administrada com a MMR, HIB, Vacina contra hepatite A e BCG.


Quantas doses da vacina são necessárias para que ocorra a proteção contra a doença?

O esquema de imunização utilizado para crianças é de três doses:

- A primeira ao nascer;

- A segunda com dois meses de idade e

- A terceira aos seis meses de idade.

O esquema de 3 doses (0,1 e 6 meses) pode ser utilizado em crianças mais velhas, adolescentes e adultos não imunizados.


Qual é o intervalo mínimo entre as doses da vacina?

O intervalo mínimo entre a primeira e a segunda dose é de um mês, e entre a segunda e a terceira é de dois meses, desde que o intervalo entre a primeira e a terceira seja de pelo menos quatro meses. Quando há atraso, não é necessário que o esquema seja recomeçado.

 

Posso ter algum efeito colateral com a vacina?

Dor local e febre baixa em 1% a 6% de crianças e adultos que receberam a vacina são os efeitos colaterais mais relatados. Reações alérgicas são raras. Anafilaxia pode ocorrer em 1: 600.000 pacientes, sendo menos freqüente em crianças e adolescentes.


Quem não pode receber esta vacina?

*A vacina r-DNA contra hepatite B não deve ser administrada a pessoas hipersensíveis aos seus componentes.

*É contra indicada na presença de doença febril aguda.


A vacina contra Hepatite B é realmente eficaz?

Em estudos de campo, uma eficácia entre 95% e 100% de proteção foi demonstrada em neonatos, crianças e adultos em risco. Uma eficácia protetora de 95% foi demonstrada em neonatos de mães HBeAg positivas, imunizados de acordo com os esquemas de 0, 1, 2 e 12 meses ou 0, 1 e 6 meses, sem a administração concomitante de HBlg no nascimento. No entanto, a administração simultânea de HBlg e vacina no nascimento aumenta a eficácia protetora para 98%.



FIQUE SABENDO:

 

 

Você sabia que existe uma vacina que pode proteger contra as duas principais hepatites?

 

É a vacina contra Hepatite A+B. Esta vacina é realizada com 12 meses de idade em diante, e são necessárias 3 doses (esquema de 0,1 e 6 meses) para garantir imunidade contra as duas doenças. É uma boa opção para colocar o calendário vacinal da criança e do adulto em dia com menor risco de reações e diminuir o número de injeções.


 

 

 

 

 

 

 


Lembre-se:

 A melhor forma de prevenção é com a vacinação.

 



REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA:


- BULA DA VACINA HEPATITE B SANOFI E GSK;
- MANUAL DE IMUNIZAÇÕES, (CENTRO DE IMUNIZAÇÕES HOSPITAL ISRAELITA ALBERT EINSTEN) 4º EDIÇÃO;
- GUIA PRÁTICO DE VACINAS E VACINAÇÃO DA SANOFI PASTEUR, EDIÇÃO ESPECIAL 2009;
- MONOGRAFIA DA HEPATITE B;
- SITE: http://portal.saude.gov.br   http://www.cives.ufrj.br- FOLDERS INFORMATIVOS DA VACINA CONTRA HEPATITE B;


AUTORIA:


REVISÃO BIBLIOGRÁFICA REALIZADA POR:

ENFERMEIRA ROSEVANE RODRIGUES DE LUCENA COREN – DF 176706

Revisado por: Dra. Marta de Fátima Rodrigues da Cunha Guidacci-

CRM: 7.600-DF


 

 

Conheça outras vacinas
Para adolescentes
Adultos e Idosos
Cólera e etec
Cólera e etec
Vacinas para Crianças
DTPa
Febre Amarela
Febre tifóide
Gestantes
Gripe
Hepatite A
Hepatite B
Meningocócicas
MMR
Mulheres
Ocupacional
Papilomavírus Humano
Pneumocócicas
Para prematuros
Rotavírus
Varicela
Vacina do viajante
 
  Alergo Vaccine - Sua família bem protegida
Centro Clínico Pacini - 715/915 Sul, Bloco D, Salas 504/508/509/514/515/517/518
Brasília -DF - 61 3345-8001 (ramal 20 - marcação de consultas, ramal 21 - vacinas, ramal 33 - administração)